Criança Segura lança ebook Casa Segura

  • Compartilhar Facebook
  • Compartilhar Twitter
  • Compartilhar Google +
31/08/2020

Acidentes são hoje a principal causa de morte de crianças de um a 14 anos no Brasil. Todos os anos, mais de 3 mil crianças dessa faixa etária morrem em decorrência disso. Contudo, os números de internações, por acidentes, também chamam muito a atenção quando analisados.

“Somente no último ano, foram quase 113 mil crianças internadas vítimas de acidentes. Esse número é equivalente a 308 hospitalizações por dia e cerca de 13 internações por hora”, alerta Vania Schoemberner, gerente executiva da ONG Criança Segura. 

De acordo com a análise das informações disponibilizadas pelo Ministério da Saúde, em 2019, os acidentes que mais geraram a internação de crianças e adolescentes de 0 a 14 anos no Brasil foram: quedas, queimaduras e intoxicações. 

De 2018 a 2019 o número de internações por intoxicação de crianças de 0 a 14 anos aumentou 10,55%, seguindo uma tendência de aumento de número de casos que vem crescendo desde 2017. Esse dado chama a atenção para os cuidados em relação ao contato de crianças com animais peçonhentos e plantas e à forma de armazenar os produtos de higiene e medicamentos em casa. Principalmente neste período de quarentena, em que as crianças estão passando mais tempo dentro de casa e alguns pais e responsáveis estão trabalhando home office. 

Outras categorias de acidentes que, assim como as intoxicações, também tiveram os números de internações elevados entre os anos de 2018 e 2019 foram as quedas e as queimaduras. As primeiras continuam sendo a principal causa de internação de crianças de 0 a 14 no Brasil, alcançando o número de 52.613 internações no último ano. 

Já em relação às queimaduras, em 2019 foram 21.023 crianças internadas por esse motivo. Esse dado também chama a atenção para o período de quarentena pelo qual estamos passando, haja vista que o álcool líquido 70% tem sido muito utilizado pelas famílias na prevenção contra a Covid-19. No entanto, este produto é altamente inflamável, o que aumenta as chances de ocorrerem mais acidentes por queimaduras nesse período. 

Com a pandemia do Coronavírus, os serviços de saúde de muitos estados brasileiros estão operando com suas capacidades máximas. Caso a criança acidentada precise ser internada, será muito difícil encontrar leito hospitalar disponível. Sem contar as chances dela ou de seus responsáveis e familiares se contaminarem pelo vírus nos hospitais e prontos-socorros. 

Diante desse cenário, a Criança Segura lança o ebook Casa Segura. A publicação traz informações sobre os tipos de acidentes mais comuns que acontecem dentro de casa e, também, orientações e principais cuidados na prevenção de acidentes no ambiente doméstico. 

“Se pensarmos que 90% dos acidentes podem ser evitados com medidas de prevenção, umas das formas mais efetivas de prevenir é, primeiramente, se informar. Esse ebook traz informações essenciais para pais, familiares e responsáveis”, conta Vania. 

O ebook Casa Segura está disponível para download no site da ONG por meio deste link: https://bit.ly/2QtW7nH

Membro de
Patrocinadores Institucionais
Seja nosso parceiro

Seja também nosso parceiro


Desejo receber novidades da Criança Segura e/ou parceiros por e-mail.

Receba nossas notícias!

Cadastre-se para receber a nossa newsletter, ou se preferir baixe o arquivo clicando no botão abaixo.