Políticas Públicas

Criança Segura pede que norma da ABNT que trata de parquinhos seja obrigatória

A manutenção regular de parquinhos é um ponto essencial para a segurança das crianças A manutenção regular de parquinhos é um ponto essencial para a segurança das crianças
  • Compartilhar Facebook
  • Compartilhar Twitter
  • Compartilhar Google +
18/12/2017

Para a organização, as recomendações presentes no documento podem evitar que casos como o de Poá, que resultou na morte de uma criança de 9 anos, sejam evitados.

Na última sexta-feira (8), uma menina de nove anos morreu em Poá (SP) depois que a madeira que sustentava um balanço caiu, atingindo sua cabeça, enquanto brincava em um parquinho.

Infelizmente, esse não é um caso isolado. De acordo com dados do Ministério da Saúde, de 2012 a 2015, foram registradas 1.842 internações e 10 mortes de crianças de zero a 14 anos em decorrência de quedas envolvendo playgrounds.

Para a Criança Segura, é lamentável que acidentes como esse continuem acontecendo com tanta frequência, uma vez que grande parte desses casos poderiam ser evitados se a Norma 16071 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que regulamenta medidas de segurança para a fabricação, instalação e manutenção de parquinhos, fosse obrigatória.

O documento é dividido em sete partes, cada uma delas trata especificamente de uma etapa da construção e do cuidado com playgrounds. Entre as recomendações presentes na Norma estão os tipos de materiais com os quais os parquinhos devem ser construídos e com que frequência a manutenção desses brinquedos e espaços deve ser feita.

A Criança Segura defende a necessidade de tornar as recomendações da ABNT obrigatórias. Por isso, irá enviar, mais uma vez, um comunicado oficial ao Inmetro, reforçando seu pedido para que o órgão reveja seu posicionamento e passe a considerar a possibilidade de certificar os equipamentos de playground com base na Norma 16071 da ABNT.

Além disso, a organização também irá enviar um ofício ao Ministério Público de São Paulo, para que ele tome as devidas providências em relação ao caso que resultou na morte de uma criança em Poá.

Membro de
Patrocinadores Institucionais
Seja nosso parceiro

Seja também nosso parceiro


Desejo receber novidades da Criança Segura e/ou parceiros por e-mail.

Receba nossas notícias!

Cadastre-se para receber a nossa newsletter, ou se preferir baixe o arquivo clicando no botão abaixo.