Dicas

Como evitar acidentes com crianças nas festas juninas

Saiba como evitar acidentes com crianças nas festas juninas / Photo credit: Escola Santi on VisualHunt.com / CC BY-SA
  • Compartilhar Facebook
  • Compartilhar Twitter
  • Compartilhar Google +
21/05/2018

As festas juninas estão prestes a começar e o que não faltam são opções para se divertir muito e fugir do frio dessa estação, como dançar quadrilha e comer guloseimas típicas da festividade. Mas, pais e responsáveis por crianças e adolescentes devem ficar atentos para evitar que acidentes, principalmente as queimaduras, acabem com a festa.

Você sabia que, de acordo com o Ministério da Saúde, a segunda maior causa de internação infantil por motivos acidentais são as queimaduras? Então, para evitar esses casos e garantir a diversão e a segurança dos pequenos caipiras durante as festas, a Criança Segura separou cinco dicas. Confira:

Não solte balão. Além de perigoso, é crime!

No Brasil, soltar balão é considerado crime ambiental, punível com pena de até três anos de detenção e o pagamento de multa. Isso porque essa prática pode resultar em acidentes graves, como incêndios de grandes proporções em matas e até mesmo bairros ou, ainda, acidentes com aeronaves tribuladas. Por isso, nunca solte balão e, caso presencie outra pessoa exercendo essa prática, denuncie para a polícia pelo telefone 190 ou pelo disque denúncia, 181.

Cuidado com as comidas e bebidas quentes

Do momento do preparo até a hora de servir: cuidado com alimentos e bebidas quentes. Não deixe as crianças brincarem na cozinha enquanto prepara as comidas típicas das festas, lembre-se sempre de deixar o cabo das panelas virado para dentro do fogão e, se possível, não use toalhas compridas nas mesas onde os alimentos ficarão.

Crianças são muito curiosas e, ao tentarem ver o que há em uma panela no fogo ou ao se apoiarem nas toalhas de mesa, as comidas e bebidas quentes podem virar em cima delas e causar graves queimaduras.

Só em junho e julho de 2017, no Brasil, foram registrados 295 internações de crianças e adolescentes de zero a 14 anos decorrentes de queimaduras com líquidos quentes. Desde 2014, foram aproximadamente 1.338 casos.

Atenção com as fogueiras

Nesse tempo frio, nada mais gostoso do que uma fogueira para esquentar a festa toda! Mas, preste muita atenção nas crianças. Não as deixe chegar perto da fogueira desacompanhadas. Além disso, mantenha materiais inflamáveis, como álcool, fósforo e bombinhas, longe do alcance dos pequenos e do fogo.

Somando apenas os meses de junho e julho de 2014 até 2017, aconteceram aproximadamente 465 casos de internações de meninos e meninas de zero a 14 anos causados por acidentes envolvendo contato com fumaça e chamas no país.

Nunca deixe as crianças soltarem fogos de artifício

Não permita que as crianças fiquem perto de onde irá ocorrer a queima de fogos de artifício e nunca as deixe soltá-los. Esse tipo de material é muito perigoso e só deve ser manipulado por profissionais.

Oriente as crianças a terem cuidado com bombinhas e estalinhos

Ensine as crianças como elas podem brincar de forma segura com bombinhas e estalinhos, evitando estourá-los perto de outras pessoas ou de objetos que podem se quebrar e soltar estilhaços, como garrafas de vidro e latas de refrigerantes. Explique às crianças que elas não devem carregar esse tipo de objeto nos bolsos, pois eles podem acidentalmente explodir e provocar uma queimadura grave. Avise-as, também, para não brincarem com bombinhas e estalinhos perto de fogo ou de objetos inflamáveis.

Quer receber mais notícias sobre como evitar acidentes com crianças e não perder nada do que postamos por aqui? Assine nosso Boletim e fique por dentro de todas as novidades e conteúdos da Criança Segura.

Membro de
Patrocinadores Institucionais
Seja nosso parceiro

Seja também nosso parceiro


Desejo receber novidades da Criança Segura e/ou parceiros por e-mail.

Receba nossas notícias!

Cadastre-se para receber a nossa newsletter, ou se preferir baixe o arquivo clicando no botão abaixo.