Dicas

Como ensinar prevenção de acidentes às crianças

Como ensinar prevenção de acidentes às crianças
  • Compartilhar Facebook
  • Compartilhar Twitter
  • Compartilhar Google +
15/05/2018

Crianças não nascem sabendo o que pode ou não representar um perigo para suas vidas. Durante muitos anos, meninos e meninas irão precisar do cuidado e atenção constante de adultos para que consigam se desenvolver de forma plena e saudável e aprender a cuidar de si mesmas.

Se para um adulto é óbvio que ao botar a mão no fogo ele vai se queimar, para uma criança pequena não é assim. Ela ainda não tem conhecimento nem experiência suficientes para saber a consequência de seus atos.

Por isso, é responsabilidade dos adultos cuidar e proteger as crianças de perigos, evitando que elas se machuquem ou até mesmo percam a vida por motivos evitáveis. Cabe também aos responsáveis educar e ensinar as crianças – por meio do amor e do afeto – como elas podem cuidar de si mesmas na medida em que crescem.

Porém, muitos pais, familiares, cuidadores e educadores de crianças têm dúvidas sobre como abordar a prevenção de acidentes com os pequenos.

Por isso, preparamos esse pequeno guia que irá te ajudar.

1. Converse com a criança de acordo com seu nível de compreensão

Conforme cresce, a criança passa por diversas fases em seu desenvolvimento físico, cognitivo e social. Em cada fase, ela desenvolve novas habilidades e aprende novos conceitos.

Ao abordar a prevenção de acidentes com crianças, é importante entender em que fase do desenvolvimento a criança está e qual é o seu limite de compreensão e aprendizagem. Assim, é possível escolher a melhor linguagem e método para trabalhar esse assunto em cada idade.

Lembre-se: só a partir dos cinco anos de idade é que a criança passa a compreender melhor o que é certo e errado, o conceito de causa e consequência. Até lá, tenha paciência com os pequenos e repita as explicações sobre segurança quantas vezes forem necessárias.

Para saber mais sobre esse assunto, leia a entrevista que a pedagoga Silvana Bianchi concedeu à Criança Segura.

2. Utilize vídeos, histórias e ilustrações para tratar do assunto

Além do diálogo constante com a criança sobre prevenção de acidentes e cuidado com sua saúde e seu corpo, você pode utilizar materiais de apoio, como vídeos, livros e ilustrações, para tornar essas conversas mais interessantes aos pequenos.

A Criança Segura disponibiliza diversos recursos que podem ser utilizados em sala de aula ou até mesmo em sua própria casa para falar com as crianças. Confira alguns:

Série de vídeos “Olha só o perigo”

Série de vídeos “As incríveis aventuras do super pedestre”

Gibi “Pequenos pedestres, grandes cidadãos”

Você pode conferir nosso acervo completo na área de Publicações do nosso site.

3. Realize atividades lúdicas e recreativas para ensinar sobre cuidados e prevenção

Crianças aprendem brincando. É por meio das brincadeiras e da fantasia que elas se expressam, experimentam e reinventam o mundo e as relações sociais, conhecem seus corpos e emoções e aprendem a cuidar de si e dos outros. Através de jogos e atividades lúdicas é possível ensinar muito a uma criança.

Veja um exemplo de atividade lúdica para trabalhar a prevenção de quedas:

CAMINHO DA AVENTURA

Convide as crianças para passear pelo “caminho da aventura”. Explique que eles andarão por diferentes tipos de chão e precisam ficar bem atentos durante a caminhada.

Você pode andar pelo quintal, calçada, sala de casa ou pátio de escola. Usando sua imaginação, vá descrevendo diferentes tipos de chão e comente qual a conduta a ser adotada em cada um deles, por exemplo:

Diga que estão andando em um chão de pedras. Então, é preciso pisar bem devagar e firme, para não cair. Peça que as crianças tenham cuidado e as estimule a entrarem de verdade na brincadeira.

Fale que agora estão passando pelo chão molhado e que para andar nesse tipo de chão é preciso caminhar com passos curtos e lentos, sem correria.

Imagine também um lindo gramado, sem nenhum obstáculo, e permita que as crianças andem e brinquem livremente nesse tipo de chão.

Continue criando novas circunstâncias ao longo do passeio. Ao terminar a caminhada, peça para as crianças comentarem que tipo de chão requer mais cuidado e atenção quando estamos andando.

Você pode encontrar muitas outras atividades para abordar a prevenção de acidentes no livro “Programa Criança Segura na Escola – Livro do Professor”, da Criança Segura.

4. Faça o Curso On-line para Multiplicadores da Criança Segura

Quer se aprofundar e aprender mais sobre como trabalhar a prevenção de acidentes com crianças e até mesmos adultos de sua comunidade? Então, inscreva-se no Curso On-line para Multiplicadores da Criança Segura. Clique aqui e informe seu interesse em participar de nosso curso. Assim, quando uma nova turma for aberta iremos te avisar.

Gostou desse conteúdo? Então, assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo o que postamos em nosso site.

Membro de
Patrocinadores Institucionais
Seja nosso parceiro

Seja também nosso parceiro


Desejo receber novidades da Criança Segura e/ou parceiros por e-mail.

Receba nossas notícias!

Cadastre-se para receber a nossa newsletter, ou se preferir baixe o arquivo clicando no botão abaixo.